Angelina Jolie revela que temia pela segurança da família durante casamento com Brad Pitt

Angelina Jolie em entrevista para a Vogue

Sem entrar em detalhes, atriz contou que a experiências lhe deixou muitas cicatrizes

Reservada, Angelina Jolie pouco ou quase nunca fala sobre sua relação com o ex-marido, Brad Pitt, e o que teria acontecido para que o romance chegasse ao fim, após mais de dez anos juntos. Nos últimos anos, no entanto, a atriz tem parecido mais confiante e tranquila para contar seu lado da história.

Em entrevista ao The Guardian, mesmo impedida de citar detalhes em função da batalha judicial pela custódia dos seis filhos, a artista comentou que chegou em um ponto que passou a temer pela segurança da família e que ficou traumatizada pela experiência.

“Foi muito difícil para mim estar em uma posição em que senti que deveria me separar do pai de meus filhos. […] Só quero que minha família seja curada. E eu quero que todos sigam em frente — todos nós, incluindo o pai deles. Eu quero que nos curemos e tenhamos paz. Sempre seremos uma família”, ressaltou.

Vale lembrar que, segundo os tabloides americanos apuraram, Jolie teria incluído no processo uma acusação de violência doméstica contra o galã, com chance de que até os filhos possam, eventualmente, testemunhar contra o pai no julgamento, caso o juiz volte atrás e entenda fará sentido. Não é de hoje que surgem relatos de que Brad teria sido verbal e fisicamente abusivo com as crianças durante uma viagem da família em um jato particular, fato que foi investigado, mas que acabou inocentando o ator.

Apesar de Pitt ter admitido que tinha mesmo problemas com álcool, chegando a buscar grupos de apoio para recuperação, ele negou que tivesse agredido os filhos fisicamente, alegando apenas broncas verbais em tom elevado.

Juntos eles são pais de Maddox, 20, Pax, 17, Zahara, 16, Shiloh, 15, e os gêmeos Knox e Vivienne, 13.

A entrevista da artista fez parte da divulgação do livro “Know Your Rights and Claim Them”, que ela escreveu em parceria com a advogada de direitos humanos Geraldine Van Bueren, a fim de trazer maior conscientização sobre o direito das crianças.

Casos de abusos em Hollywood

Outro ponto decepcionante na relação para Jolie foi quando o ex-marido resolveu procurar Harvey Weinstein, produtor executivo, para co-financiar o filme “O Homem da Máfia”, mesmo com as denúncias que se acumulavam de assédio e abusos contra o profissional. “Nós brigamos por isso. É claro que [ele ter feito] isso doeu. Eu evitei ao máximo comparecer aos eventos promocionais daquele filme.”

A própria atriz chegou a viver um momento desesperador com Weinstein, quando esteve em “Corações Apaixonados”, de 1998, ainda no início da carreira, aos 21 anos. “Se você consegue fugir da sala, você pensa: ‘Ele tentou, mas não abusou de mim’, certo? A verdade é que a tentativa, a experiência da tentativa, já é um assédio. O que ele fez foi mais do que uma cantada, foi algo de que tive que fugir”, relembrou.

Depois de sentir na pele aquele medo, a estrela começou a tentar a alertar outros colegas sobre a situação, tentando evitar que outras mulheres também corressem o mesmo risco que ela.

“Era além de passar, era algo que tinha que escapar. Eu me afastei e avisei pessoas. Eu lembro de ter contado para Johnny (Lee Miller), meu primeiro marido, que era bom em passar a palavra para outros caras – para não deixar garotas sozinhas com ele. Eu recusei ‘O Aviador’ porque ele estava envolvido. Eu nunca mais trabalhei com ele de novo. Foi difícil quando Brad trabalho.”

O ex-magnata de Hollywood foi condenado a 23 anos de prisão por estupro e agressão física, após milhares de mulheres terem denunciado os abusos que sofreram com o profissional e o caso finalmente vir à público.

  • Angelina Jolie, Brad Pitt e os filhos

Publicado por

Jornalista, filósofa de travesseiro e escritora de meia tigela. E, pra piorar, ainda é canceriana, pensa no drama! Nas horas livres reclama da vida, fala de reality e escreve umas bobagens

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s