Keeping Up With Shantal Verdelho

Gravidíssima de seu segundo filho (ou filha!), Shantal Verdelho tem a companhia da internet inteira na espera do nascimento de seu bebê. Todo mundo quer conhecer o irmão mais novo do Pippo, filho da influencer com o marido, Mateus Verdelho.

Mas, o foco hoje é em falar da Shantal mulher, não da Shantal mãe. Não por nada, é que ela é tão multifacetada que focar em um aspecto só seria perder o que ela tem de mais interessante: a pluralidade e o protagonismo insistente.

Com quase 1 milhão e meio de seguidores no Instagram, Shantal Verdelho já é conhecida nas redes há anos. Mas — antes mesmo de trabalhar com a internet — já circulava entre famosos e influentes.

Por isso, assim que a entrevista começa, me surpreendo com o quão pé no chão ela é: Shantal fala sobre absolutamente tudo — inclusive assuntos que deixariam qualquer um orgulhoso ou pomposo demais — com a naturalidade de uma amiga que te conta uma história no sofá da sala. Pergunto, então, se ela nunca se deslumbrou com a fama.

A resposta tá na minha infância. De quando eu nasci até meus cinco anos, meus pais eram super bem de vida e a gente tinha todos os privilégios e oportunidades até que… eles faliram.

E quando eles faliram, faliram completamente: não sobrou nada. Fomos morar em Porto Velho, Rondônia, de favor. Morávamos eu, minhas duas irmãs, meu pai e minha mãe em um quarto. Fomos despejados várias vezes e chegamos ao nível de não ter dinheiro pra comer, mesmo.

Então, muito nova tive a oportunidade de estar no topo — financeiramente falando — e de repente não ter nada.

Isso me fez manter os pés no chão, porque eu aprendi que as coisas podem mudar completamente de um dia pro outro, que não existem certezas. Então não tem como me imaginar me deslumbrando com essas coisas de famoso ou exposição da internet”.

A mudança foi brusca: há um abismo entre a fome e frequentar um colégio suíço.

Mas engana-se quem pensa que os sustos pararam por aí: os opostos foram — e seguem sendo — uma constante na vida de Shantal.

Eu falo que minha vida é um 8 e 80, não tem 40. Ou acontecem essas coisas muito difíceis — mas que só acontecem porque consigo passar por elas — ou estou em fases muito incríveis, muito maravilhosas”.

Antes do trabalho como influencer, Verdelho estudou gastronomia e chegou a atuar ao lado de chefs renomados, mas sofreu um acidente gravíssimo que a fez optar por abandonar a área. Uma chapa de cozinha na qual trabalhava explodiu e as chamas a atingiram durante 1 minuto — 15% de seu corpo foi comprometido por queimaduras de 3º grau e ela chegou a ouvir de uma médica que teria que amputar o braço esquerdo, além disso, sofreu queimaduras no pulmão.

No fim — apesar da recuperação dolorosa — as coisas ficaram bem. Ainda assim, passar por uma experiência de quase-morte deixa cicatrizes muito além da pele. Pergunto, então, qual a maior mudança causada pelo acidente.

Esse evento do meu acidente foi a coisa mais importante da minha vida. Foi muito ruim na época, mas me abriu os olhos pra muita coisa. Desde o que eu queria pra minha carreira — e aí eu saí da gastronomia — até o que de fato importava e quem era importante, quem estaria do meu lado quando eu não estivesse bem.

Estar em um momento de fragilidade como esse te faz refletir muito, né? E aí você tem alguns insights que mudam todo o curso da sua vida”.

Foi nesse cenário de caos e reconstrução que Shantal teve seu primeiro contato com um de seus maiores talentos: o empreendedorismo.

Fora do ramo da gastronomia, começou a trabalhar como vendedora em uma loja, até enveredar para o marketing, na Schutz.

Eu tive a oportunidade — e oportunidade mesmo, não sei nem como eu fui parar lá — de trabalhar 7 anos na Schutz, diretamente com o Alexandre Birman — que hoje é o diretor da Arezzo&Co, uma das maiores empresas do Brasil — e ele é um cara muito inspirador. Ele faz com que você queira empreender, aprender, construir. E eu aprendi demais com ele.

Aí, saí da Schutz pra trabalhar com internet porque, financeiramente falando, valia mais a pena — só que eu fiquei com essa pulguinha atrás da orelha de querer empreender.”

E é aí que o negócio começa de verdade. Negócio mesmo: business.

A essa altura, não há dúvidas de que Shantal é uma influencer consagrada: publis, posts, looks, reels, stories — o público já conhece e curte (literalmente) esse lado dela, mas talvez não tenha dimensão dos outros ramos que Verdelho domina.

Primeiro, ela criou a The Zion Jóias, com designs de sua mãe que logo decolaram nas redes e pavimentaram o caminho. Depois, outras ideias mais ambiciosas:

Trabalhando como influenciadora, biquínis eram os produtos que Shantal mais vendia na internet. Os contratos fechados constantemente com marcas do segmento escancaravam os bons resultados trazidos por ela — em números maiú$culos. Logo, foi natural ir mais fundo e criar sua própria marca de biquínis, a Zion Swim — e a empreitada deu muito certo.

Por fim, surgiu a empresa que coroou o que essa aquariana mais ama fazer: tomar vinho. Em sua segunda safra, a Zion Wine representa uma paixão e tem feito com que Shantal colha excelentes frutos.

Preciso confessar, porém, que — até o momento da entrevista — não fazia ideia do quão pulsante era essa veia dos negócios pra ela. A explicação, mais uma vez, está atrelada à questão da dualidade:

Hoje pra mim o grande motivo de sucesso das empresas é minha irmã, porque ela faz TUDO. Além de ser uma paixão, empreender foi o jeito que a gente enxergou que traria segurança pra nossa família, que desde quando faliu, lá atrás, nunca tinha se reerguido.

Então, eu e minha irmã — que éramos as crianças da família quando falimos — estamos tendo a oportunidade de reerguer a família, trazer oportunidade e conforto pra todo mundo — uma vida que a gente achou que não teria mais.

Eu fui muito movida por essas paixões todas, desde ajudar minha família, até esse amor por empreender que herdei do Alexandre Birman. Me faz muito feliz e me preenche demais.”

Durante a conversa, Shantal ainda menciona outros acontecimentos inimagináveis — ora trágicos, ora incríveis com a casualidade de quem faz uma lista de supermercado, embora jamais indiferente.

No meio disso tudo, só consigo pensar “que horas sai o filme?!” porque não é possível ter tanta história em tão pouco tempo. Pergunto, então, o que ela sente que falta fazer, porque a impressão que fica é que — aos 32 — ela já fez de tudo um pouco.

Já aconteceu realmente muita coisa. Quando era criança fui abusada sexualmente, essa história do financeiro, o acidente em que quase morri, fiquei presa no meio de um bombardeio no Líbano, tive uma gravidez ectópica, tive que tirar a trompa… geralmente as pessoas têm uma história dessas pra contar, não todas.

É o que eu disse: ou acontecem essas coisas muito difíceis — mas que só acontecem porque consigo passar por elas e no final dá tudo certo — ou coisas maravilhosas. Por exemplo, o trabalho que eu tenho hoje e o que ele me proporciona — o que ele me deixa proporcionar pra minha família!

Enfim, eu não penso muito no que eu quero agora, como eu quero viver… Só consigo ser muito grata por todas essas coisas, as boas e as ruins. Eu vou seguindo no flow. É até chato ficar falando isso, né? De agradecer e tal. Mas é o sentimento que eu tenho!”

Se tivesse encerrado a entrevista com uma pergunta a respeito das metas das empresas, com certeza receberia uma resposta milimetricamente planejada, com números e informações detalhadas.

Mas, pra Shantal, quando o assunto é sentimento — e não trabalho — nada fala mais de amor do que simplesmente deixar ser e amparar.

O bebê que está caminho vai ter uma mãe incrível porque, antes de mais nada, Shantal é uma mulher incrível.

Posfácio:
Antes da entrevista, pedi a Shantal que comentasse — ainda que brevemente — a polêmica recente envolvendo seu nome ao do atual presidente.

De maneira sucinta, ela fez parte de um grupo de influenciadoras digitais que participou de uma campanha contra a violência contra a mulher. O trabalho foi remunerado, mas não teve um teor elogioso — ou crítico — ao presidente em exercício.

Shantal, por sua vez, já teceu críticas ao presidente Bolsonaro repetidas vezes — sendo a última neste 7 de setembro. Durante a entrevista, porém, preferiu não falar sobre ele, já que — nas vezes em que o fez — foi recebida com violência exacerbada e até ameaças de morte. Prestes a dar à luz e em uma gravidez de risco, preferiu preservar a saúde do bebê.

Publicado por

Jornalista, geminiana, paulistana & esquisita. Gosto de geopolítica, arte, cultura pop e aleatoriedades em geral. Por aqui, acho importante trazer temas que abordem diversidade, ativismo e outras causas relevantes — além de entrevistas que mostrem lados que as redes sociais nem sempre exploram =) No Keeping, assino meus textos como Kyra, e você pode conhecer mais sobre meu trabalho aqui: https://www.linkedin.com/in/jamilediniz/

20 thoughts on “Keeping Up With Shantal Verdelho

  1. Melhor digital influencee! A mais verdadeira e pé no chão! Nao consigo entender quem nao curte ela, ela mostra a realidade sem maquear nada! Muito bonito o que ela construiu até hoje, tenho certeza que tem muita coisa boa pra vir ainda!

    Gostar

  2. Tem tanta mentirinha aí. Tantas meias verdades. Basta pesquisar nosvfiruns civeis e crrininais, o nome da mãe , do pai e o próprio nome da moça. Terão uma bela surpresa. Da vida que eu falo, da vida que vivi. Coisas de Instagram

    Gostar

  3. Que entrevista incrível!!!
    Comecei a seguir a Shantal e Matheus assim que Pipo nasceu. Algumas histórias vejo ela falar por cima, mas realmente muito boa a escrita aí.

    Gostar

  4. Sigo a Shantak desde a gravidez do Pippo, logo depois que ele nasceu eu engravidei e ela foi referência em várias coisas relacionadas à maternidade. Não tenho um estilo parecido com o dela, então não curto muito os looks, mas eu amo tudo o que ela é/faz, é inspirador. Parabéns, ótima entrevista!
    Ps. O bebê x nasceeeu, doida pra saber se é Domênica ou Peppe 🤍

    Gostar

  5. Sigo a Shantal a mais de 5 anos, sempre amei a mulher que ela é ! A admiro muito e tenho orgulho de sua história, parece que eu sou amiga dela rs
    Desejo que ela cresça cada dia mais e obtenha MUITO mais sucesso que já tem, ela é maravilhosa, e o melhor de tudo, apesar de toda a fama e sucesso, nunca esqueceu o verdadeiro motivo de tudo isso… dar o melhor para sua família !

    Gostar

  6. Que entrevista bacana. Mto bem escrita e planejad! Parabéns as 2.
    Shantal é uma influencer diferenciada mesmo.
    Desejo que continue tendo sucesso em tudo que desejar e que possa continuar ajudando os seus

    Gostar

  7. A shantal para mim é a pessoa que mais me inspira, eu amo tudo que ela faz… a naturalidade é verdade nela, parabéns pela sua trajetória, muito sucesso!!! ❤️🥂

    Gostar

Deixe uma Resposta para Bruna Chagas Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s